SETEMBRO AMARELO: Em um mundo com dor, aproxime-se e ofereça Amor!

Setembro é o mês da conscientização mundial sobre a prevenção do suicídio, conhecido como “Setembro Amarelo”, e temos certeza que este alerta é mais do que necessário quando vemos números tão assustadores como os divulgados pela OMS (Organização Mundial da Saúde):

Você sabia que…

– A cada 45 minutos uma pessoa comete suicídio no Brasil?

– E que entre os jovens, de 15 a 29 anos, o suicídio é a 3ª principal causa de morte no Brasil?

– E mais, que a cada 40 segundos há uma tentativa definitiva de tirar a vida no mundo?

Segundo a OMS, estes números, em grande parte, estão relacionados a transtornos mentais, como a depressão, mas vemos um novo tipo de risco se fazendo presente no dia a dia de adolescentes: a Internet.

A liberdade de acesso à rede, ainda sem controle e restrições na maioria dos lares brasileiros, vem colocando crianças e jovens diante de conteúdos inapropriados para a idade, ou pior, em contato com pessoas que podem se aproveitar da inocência ou de alguma fragilidade que estejam enfrentando nesta idade. Sem falar o Cyberbulling, que é uma violência praticada através da internet, onde pessoas maldosas acessam perfis para intimidar, julgar e hostilizar o outro.

Infelizmente, já tive contato com o tema Suicídio relacionado à Internet.

Foi com um adolescente de 16 anos. E só após a sua morte é que a família descobriu, junto com a polícia, que ele havia se aproximado de uma pessoa cruel (pra não dizer, “doente!”) através das redes sociais, e que o influenciou a tirar a própria vida. Até onde acompanhei, a polícia seguia com as investigações.

Sim, é chocante, não é? Faça uma busca na internet sobre isso, e encontrará inúmeras histórias igual a esta, e grupos que “celebram a meta alcançada de suicídios na semana.” 😦

E a reflexão que quero deixar é:

“Como tem sido a qualidade do seu tempo para seu filho?”

Vamos dar uma pausa real no nosso dia para atenção às tarefas escolares, atenção ao que vem satisfazendo os interesses deles na internet, e uma conversa, sem pressa, olho no olho. Assim, exercitaremos a leitura da verdade de seus sentimentos, de suas histórias, de seus interesses e seus medos.

Quem é mãe e pai sabe, todo dia é um aprendizado. Vamos ficar atentos. O alerta das organizações vem em setembro, mas a nossa atenção, com aqueles que amamos, deve ser diária.

Você tem alguma contribuição com este assunto e reflexão? Compartilhe com a gente!

Aproxime-se!

Beijo, Ana Paula

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: